Negocio-SCAM

Afinal, Todos os Negócios Online São SCAM!

Na indústria dos negócios online, ouve-se e lê-se muitas vezes o termo “negócio SCAM“. Muitas pessoas atribuem a palavra SCAM a algum negócio, sistema ou empresa que deixa de pagar ou simplesmente porque fechou, independentemente do motivo.

 

“O negócio AAA fechou. É SCAM!”

“O site BBB virou SCAM!”

“Esse site não paga. É SCAM!”

“Esse administrador fechou o site. Ele é um SCAMMER!”

 

É este tipo de afirmações que mais se vê quando uma empresa deixa de funcionar. Não interessa o motivo:

Fechou, logo é negócio SCAM!

 

O mais ridículo e infeliz é quando as pessoas usam o termo SCAM e nem sequer sabem o que ele significa realmente.

 

Há pessoas que o fazem por mera ignorância – coitadas, ouviram alguém falar e vão atrás do “rebanho”.

 

Mas há também outro grupo pior de pessoas que empregam o termo em tudo e todos. Na realidade, fazem-no para descarregar as suas frustrações em algo ou em alguém – pensando elas que até estão a fazer um favor à humanidade.

 

A este último grupo de pessoas, eu não sei se lhes chamo “coitados” ou “infelizes”. Talvez coitados porque não têm (ou não querem ter) uma mentalidade empresarial ou empreendedora. Talvez “infelizes” porque não são capazes de assumir as suas próprias decisões e/ou ações, e então precisam de culpar alguém.

 

Segundo todas estas pessoas, todo o negócio que deixa de pagar ou deixa de funcionar, é SCAM.

 

SCAM-negocios

 

Pior do que isso, são aquelas situações em que indivíduos:

  • promovem um negócio, espalhando por todo o ciberespaço, mil e uma maravilhas sobre ele;
  • publicam em todos os grupos do Facebook – e até repetidamente – toda a “parte bonita” do negócio;
  • enviam indiscriminadamente emails a todos os endereços de email que encontram;
  • fazem questão de enviar mensagens pelo Facebook e Watsapp a todos os seus “amigos”, sem sequer fazerem uma saudação;
  • afirmam que este é que é “o negócio“.

 

Mas SE, de um momento para o outro, por qualquer razão, esse negócio falha…

  • …então passa imediatamente a ser SCAM;
  • começam a culpar o negócio porque deixou de pagar;
  • culpam o administrador porque ficou com o dinheiro dos membros;
  • não se interessam, nem procuram compreender, sobre a causa do problema. Para eles é SCAM e pronto!
  • vão para a “praça pública” culpar tudo e todos, menos a eles próprios.

 

Ora, de acordo com estes indivíduos, posso concluir então que:

 

“Todas as empresas e todos os negócios no mundo são SCAM!”

 

Isto porque sabemos que TODOS os negócios no mundo, algum dia irão fechar. Não duram para sempre.

 

Que parvoíce! E que mentalidades pobres…!

 

Vamos lá então tentar perceber…

 

Afinal, o que significa a palavra “SCAM”?

 

Quando se pergunta sobre um significado, a primeira reação que me ocorre imediatamente é consultar um dicionário.

 

Consultando o dicionário do próprio Google, podemos encontrar o seguinte:

 

SCAM - Definição do Google
SCAM – Definição do Google

 

E se recorrermos ao Cambridge Dictionary, encontramos isto:

 

SCAM pelo Cambridge Dictionary
SCAM – Definição pelo Cambridge Dictionary

 

Obviamente que sendo “SCAM” um termo inglês, deve-se procurar o seu significado também em inglês. No entanto, este pode ser facilmente traduzido para português.

 

“Um esquema desonesto; uma fraude” – pelo Google

“Um plano ilegal para ganhar dinheiro, especialmente aquele que implica enganar pessoas” – pelo Cambridge Dictionary

 

Ora, qualquer pessoa na sua plena razão, é capaz de admitir agora que nem todos os negócios são SCAM.

 

Apenas é considerado negócio SCAM se se tratar de um esquema desonesto e fraudulento, com o objetivo de ganhar dinheiro, e eventualmente, enganando as pessoas.

 

Ora, isto significa que, se existe algo que é SCAM, é SCAM a todo o momento. É SCAM logo no seu lançamento e implementação, e é SCAM sempre!

 

Não existe um cenário em que um negócio considerado legal e que é aceite pela sociedade passa a ser fraude de um momento para o outro.

 

Um negócio SCAM nasce SCAM e morre SCAM.

 

negócios SCAM
São criados negócios propositadamente para serem negócios SCAM

 

E se existe um sistema que não era considerado SCAM e depois “vira SCAM”, significa que entre o “antes” e o “depois”, teve que haver mudanças significativas no seu modelo de negócio que levaram a que esse sistema passasse a ser considerado fraudulento. Não o era antes, mas passou a ser.

 

Não confundir “alteração no processo de negócio” com “motivo pelo qual fechou ou deixou de pagar”.

 

Uma coisa é um negócio que funcionava de uma forma e agora passou a funcionar de outra forma, completamente diferente, e que é considerada fraude.

Outra coisa é um negócio que deixou de funcionar porque aconteceu algo que afetou o seu funcionamento.

 

Há empresas que fecham porque deixam de ser sustentáveis mas isso não significa que sejam fraudulentas. Há negócios que, ao fim de algum tempo, acabam mas isso não significa que sejam um esquema desonesto.

 

O que existe é um determinado acontecimento (motivo) que provoca esse desfecho. Mas o modelo de negócio não foi alterado.

 

Exemplos de SCAM

 

Um negócio em que as pessoas têm que pagar um determinado valor, apenas para aderirem, sem receber nada em troca, e com o objetivo de ganharem dinheiro com a entrada de novas pessoas no sistema, isso sim, é um negócio SCAM.

 

Alias, na minha opinião, isso nem sequer é um negócio.

 

Anúncios milagrosos que prometem empréstimos financeiros de grandes quantias. Sem qualquer tipo de estudo prévio. Sem exigir garantidas. E em que as pessoas apenas precisam pagar uma pequena quantia para desbloquear o processo, isso sim, é um negócio SCAM.

 

Para mim, não passam de esquemas fraudulentos que se aproveitam do desespero das pessoas.

 

Empresas que se apresentam no mercado como fornecedoras de um produto ou serviço. Divulgam e promovem o produto ou serviço e muitas vezes ele nem sequer existe. Disponibilizam formas de pagamento automáticas para que as pessoas possam comprar. Mas depois não entregam o produto ou serviço a quem compra e paga por esse produto ou serviço, isso sim, é um negócio SCAM.

 

Resumindo

 

Muitas pessoas começam um negócio com uma determinada empresa, atraídas pelas promessas de ganhos atrativos, fáceis e rápidos, e sem fazerem uma análise aprofundada sobre a empresa e o modelo de negócio.

 

Infelizmente alguns desses negócios são SCAM. E são-no desde o momento em que surgiram.

 

No entanto, existem outros que não são SCAM, que são reconhecidos como bons negócios, sem esquemas e sem fraudes. Mas se algo acontece no percurso que impede esses negócios continuarem a sua atividade, temporária ou definitivamente, então são imediatamente rotulados de SCAM, injustamente.

 

Pessoas que até sabem que todos os negócios implicam riscos mas quando algo corre mal, apressam-se a chamá-los de SCAM. Simplesmente porque não querem aceitar as eventuais perdas. Simplesmente porque não querem assumir a decisão que tomaram em aderir ao negócio. Simplesmente porque precisam culpar alguém. E então para elas, tudo é SCAM.

 

No ambiente real como no online, existem negócios “bons” e negócios “maus”. Um negócio “mau” nasce SCAM e será sempre SCAM. Um negócio “bom” – que não é SCAM – não “vira” SCAM de um momento para o outro. Mas pode acabar de um momento para o outro. E isso não o torna num negócio SCAM.

 

Ah, e já agora…

 

Não confundir SCAM com SPAM!

 

São conceitos totalmente diferentes e que, infelizmente, vemos muitas pessoas a utilizá-los como se fossem a mesma coisa.

Se tens dúvidas, faz como eu: consulta um dicionário! 😉

 

E agora, já és capaz de identificar os negócios SCAM?
Deixa-me a tua opinião num comentário abaixo!
E partilha este artigo com os teus amigos!

 

Forte abraço,
Rui Magalhães

 

2 thoughts to “Afinal, Todos os Negócios Online São SCAM!”

  1. Muito bom resumo, mas é verdade que o mercado online está a mudar muito, já não é o que era e não vai voltar a ser, vamos passar por uma fase em que as oportunidades aparecem e desaparecem em meses e não ano, temos de estar preparados e deixar de os tratar como “empregos”, não passam de oportunidades!

    1. Olá Dav7,
      Como tudo na vida, existe uma evolução.
      Todos os negócios que não se adaptem às mudanças, estão condenados (isso não faz deles SCAMs, aproveitando o tema).
      O paradigma dos negócios online também evolui com o tempo.
      Hoje já não se deve dizer “ganhar dinheiro na internet”, mas sim “ganhar dinheiro com a internet”.
      Obrigado por partilhares a tua opinião.
      Forte abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *